quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Bordeaux tintos 2005


Na 3ª feira, dia 25 de setembro, realizamos no Marcel mais uma excelente degustação, desta vez de vinhos tintos da região de Bordeaux, da safra 2005. Tivemos a presença de apenas 6 confrades. O nosso confrade Paulo foi responsável pelo excepcional menu da noite, com as seguintes opções:

Couvert:        - Cesta de pães, manteigas especiais, terrine de champagne, patê de fígado, queijo de cabra e chutney de tomates.

Entradas:       - Sopa de cebolas gratinadas
                     - Ovo caipira mollet com lentilhas e bacon
  
Pratos:          - Soufflé de queijo gruyère
                     - Hachis parmentier de cordeiro (cordeiro assado lentamente, desfiado, servido sob puré de batatas)
                     - Cassoulet

Sobremesas: - Profiterolles ao chocolate
                     - Crepe Suzette

O serviço foi excelente e a execução do cardapio excepcional.

A degustação contou com seis vinhos com níveis de alcool variando entre 13% e 13,5%.


A seguir uma breve descrição dos vinhos degustados:

Chateau Haut-Bages Averous 2005
Produtor: A. Cazes
País/Região: França/Pauillac
Graduação alcoolica: 13%
Uvas: 57% CS, 26% Merlot, 15% Cab. Franc
Confrade: Marcio

Chateau Lagrange 2005
Produtor: Chateau Lagrange
País/Região: França/Saint-Julien
Graduação alcoolica: 13%
Uvas: 75% CS, 25% Merlot
Confrade: Altman

Chateau Giscours 2005
Produtor: Ch. Giscours
País/Região: França/Margaux
Graduação alcoolica: 13%
Uvas: 60% CS, 32% Merlot, 5% Cab. Franc, 3% Petit Verdot
Confrade: João Luiz

Chateau de Carles 2005
Produtor: Ch. De Carles
País/Região: França/Fronsac
Graduação alcoolica: 13.5%
Uvas: 60% Merlot, 40% Cab. Franc
Confrade: Alessandro

Chateau Picque Caillou 2005
Produtor: Ch. Picque Cailou
País/Região: França/Pessac-Léognan
Graduação alcoolica: 13%
Uvas: 45% CS, 45% Merlot, 10% Cab. Franc
Confrade: Joubert

Beau-Site Haut-Vignoble 2005
Produtor: Earl Braquessac
País/Região: França/St. Estèphe
Graduação alcoolica: 13.5%
Uvas: 55% CS, 40% Merlot, 5% Petit Verdot
Confrade: Otavio

Vinhos degustados


Os vinhos apresentaram cor rubi, sendo que nenhum deles apresentou halo muito pronunciado. Os aromas  incluiam groselha, especiarias, pimentão, azeitona, cassis, cereja e rosas. Os taninos se mostraram bastante equilibrados.

Nesta degustação, os resultados do nosso painel apresentaram, uma pequena amplitude de notas, sendo na média aparada de 1,6 pontos (de 88,3 a 89,9).

O vinho que ficou em último lugar foi o Chateau Picque Caillou 2005, produzido com as uvas Cabernet Sauvignon (45%), Merlot (45%) e Cabernet Franc (10%) pelo Chateau Picque Cailou na denominação Pessac-Léognan, com 13% de alcool, escolhido o pior vinho por tres confrades.

O segundo melhor vinho do painel, foi o Chateau Haut-Bages Averous 2005, produzido com as uvas Cabernet Sauvignon (57%), Merlot (26%) e Cabernet Franc (15%) pela familia Cazes do Chateau Lynch-Bages, na região de Pauillac, com 13% de alcool, escolhido o melhor vinho por dois confrades e o segundo melhor por outros dois.

O Campeão da noite, foi o Chateau Lagrange 2005, produzido com as uvas Cabernet Sauvignon (75%) e Merlot (25%), pelo próprio Chateau Lagrange, em Bordeaux na denominação Saint-Julien, com 13% de alcool. Este vinho foi escolhido o melhor vinho por dois confrades e o segundo melhor por outros tres.


Vejam os resultados completos abaixo.


Não se esquecam que no dia 18/Outubro degustaremos vinhos tintos com mais de 20 anos. Até lá....

Não percam a próxima degustação.


domingo, 19 de agosto de 2018

Agenda 2019


22-Jan(1)    Borgonha Branco: Grand Cru e Premier Cru
21-Feb      Rieslings acima de R$ 250
21-Mar      Tintos da Sicilia
16-Apr(1)    Corte Bordales do Novo Mundo até 2008
16-May      Douro vs Ribeira del Duero
18-Jun(1)    Arroz de polvo no Otavio c/ brancos ibéricos
18-Jul       Tintos do Alentejo
15-Aug      Syrah/Shiraz acima de 10 anos
25-Sep(2)    Bordeaux com + de 15 anos margem direita x esquerda
17-Oct      Chinon tinto
21-Nov      Tintos da Borgonha: Denominações diversas
12-Dec      Grandes espumantes do novo mundo
((      (1)    3ª feira              (2) 4ª feira em Paris

Barolos com mais de 10 anos

Na última 5ª feira, dia 16 de agosto, realizamos no Rosmarino mais uma excelente degustação, desta vez de Barolos com mais de 10 anos. Tivemos a presença de 6 confrades e um convidado, foram degustados 7 vinhos, de safras bastante diversas (2005, 2006, 2007, 2008 e 2011), O nosso confrade Paulo foi responsável pelo excepcional menu da noite.


Couvert: Pão italiano, mini-ciabata, pão de queijo, patê de roquefort, manteiga e azeitona.

Entrada: Terrine de campanha com fico, torradinhas com parmesão e verdes

Primeiro Prato: Taglioline caseiro com manteiga de tartufo

Segundo Prato:  Stinco de vitelo com polenta

Sobremesa: Entremet de chocolate, Torta de nozes carameladas, Merengue de chocolate belga e avelãs, Carolinas de creme, Ovos nevados, Profiteroles, Terrine de Frutas, Tiramisú, Creme brulée, Pastiera di grano, Bavarese de chocolate e Tarte Tatin

Como de costume o serviço foi excelente e a execução do cardapio excepcional.

A degustação contou com sete vinhos com níveis de alcool variando entre 13,5% e 15%.


A seguir uma breve descrição dos vinhos degustados:

Barolo Vigneto Garreti 2011
Produtor: La Spineta
País/Região: Italia/Castagnole delle Lanze
Graduação alcoolica: 14.5%
Uvas: Nebbiolo
Confrade: Joubert

Barolo Tre Donne 2007
Produtor: Tre Donne
País/Região: Italia/La Morra
Graduação alcoolica: 15%
Uvas: Nebbiolo
Confrade: Paulo

Barolo Prunotto 2007
Produtor: Prunotto
País/Região: Italia/Alba
Graduação alcoolica: 14%
Uvas: Nebbiolo
Confrade: Marcio

Barolo San Giovanni 2008
Produtor: Gianfranco Alessandria
País/Região: Italia/Monforte D'Alba
Graduação alcoolica: 14.5%
Uvas: Nebbiolo
Confrade: João Luiz

Barolo Massolino 2007
Produtor: Az. Agric. Massolino
País/Região: Italia/Serralunga D'Alba
Graduação alcoolica: 14.5%
Uvas: Nebbiolo
Confrade: Calabro

Barolo Cascina Ferrero 2006
Produtor: Tenuta Carreta
País/Região: Italia/Langue Roero/Monferrato
Graduação alcoolica: 13.5%
Uvas: Nebbiolo
Confrade: Walter

Barolo Bijn 2005
Produtor: Cantina della Porta Rossa
País/Região: Italia/Serralunga/Monforte
Graduação alcoolica: 13.5%
Uvas: Nebbiolo
Confrade: Alessandro

Vinhos degustados


Os vinhos apresentaram cor rubi com tons granada, demonstrando sinais de evolução. Os aromas  incluiam terroso, frutas negras, madeira, mentol, vegetal, tostado, rosas, couro, ameixas e eucalipto, apesar de um deles ser um pouco alcoólico, a maioria apresentou se com alcool bem equilibrado no naris. Os taninos se mostraram bastante equilibrados.

Nesta degustação, os resultados do nosso painel apresentaram, uma pequena amplitude de notas, sendo na média aparada de 1,7 pontos (de 88,4 a 90,1).

O vinho que ficou em último lugar foi o Barolo San Giovanni 2008, produzido por Gianfranco Alessandria, na região de Monforte D'Alba, na Itália, com 14,5% de alcool, escolhido o pior vinho por cinco confrades.

O segundo melhor vinho do painel, foi o Barolo Prunotto 2007, produzido no Piemonte, com a uva Nebbiolo, pela Vinicola Prunotto, na sub-região de Alba, com 14% de alcool, escolhido o melhor vinho por um confrades, o segundo melhor por outros dois e o pior para mais um.

O Campeão da noite, foi o Barolo Cascina Ferrero 2006, produzido pela Tenuta Carreta, nas regiões de Langue Roero/Monferrato no Piemonte, com 13.5% de alcool. Este vinho foi escolhido o melhor vinho por dois confrades e o segundo melhor por outros tres.


Vejam os resultados completos abaixo.


Não se esquecam que no dia 18 de Setembro degustaremos Tintos de Bordeaux, safra 2005. Até lá....

Não percam a próxima degustação.




Regras - Wine St


·  Horario 20hs
·  Quem chegar apos 20hs paga o espumante
·  Inicio do servico do vinho as 20:15hs
·  Inicio da degustacao as 20:30hs
·  Caso o participante chegue apos o inicio do servico do vinho e o seu vinho fique posicionado em ultimo na ordem do serviço, ele nao levara o jantar caso o vinho fique em primeiro lugar

·  O Vencedor da degustação não paga o jantar
·  O confrade que trouxer o vinho classificado em último lugar em uma degustação deverá trazer um vinho de sobremesa na degustação seguinte

domingo, 22 de julho de 2018

Chardonnay das Americas acima de 150 reais


Na última 5ª feira, dia 20 de julho, realizamos no Rosmarino mais uma ótima degustação, desta vez de vinhos brancos produzidos com a uva Chardonnay nas Americas. Tivemos a presença de 5 confrades e um convidado, entretanto foram degustados 7 vinhos, dois deles norte-americanos e cinco sul-americanos, de safras diversas (2006, 2007, 2011, 2012, 2014 e 2015), O nosso confrade Paulo, apesar da ausência, foi responsável pelo excepcional menu da noite.

Entrada: Carpaccio de salmão com rucula e molho de mostarda e torradinhas

Primeiro prato: Canelone recheado de queijo meia cura e gratinado ao creme de queijos


Segundo Prato: Anchova Negra ao molho de amêndoas crocantes e beurre noir com batatinhas coradas ao alecrin

Sobremesa: Entremet de chocolate, Torta de nozes carameladas, Merengue de chocolate belga e avelãs, Carolinas de creme, Ovos nevados, Profiteroles, Terrine de Frutas, Tiramisú, Creme brulée, Pastiera di grano, Bavarese de chocolate e Tarte Tatin

Como de costume o serviço foi excelente e a execução do cardapio excepcional.

A degustação contou com sete vinhos com níveis de alcool variando entre 13,6% e 14,5%.


A seguir uma breve descrição dos vinhos degustados:


Loucura 1 / Terroir de Los Andes 2012
Produtor: Clos des Fous
País/Região: Chile/Valle del Cachapoal
Graduação alcoolica: 14%
Uvas: Chardonnay
Confrade: Alessandro

Kaiken Ultra Alturas 2015
Produtor: Kaiken
País/Região: Argentina/Luján de Cuyo, Mendoza
Graduação alcoolica: 14.5%
Uvas: Chardonnay
Confrade: Joubert

Chateau Montelena Chardonnay 2014
Produtor: Chateau Montelena
País/Região: USA/Napa Valley
Graduação alcoolica: 13.6%
Uvas: Chardonnay
Confrade: João Luiz

Catena Alta Chardonnay 2007
Produtor: Bodegas Catena Zapata
País/Região: Argentina/Mendoza
Graduação alcoolica: 14%
Uvas: Chardonnay
Confrade: Otavio

Karia 2014
Produtor: Stag's Leap
País/Região: USA/Napa Valley
Graduação alcoolica: 14.5%
Uvas: Chardonnay
Confrade: Marcio

Finca Los Nobles 2006
Produtor: Bodega Luigi Bosca
País/Região: Argentina/Luján de Cuyo, Mendoza
Graduação alcoolica: 14%
Uvas: Chardonnay
Confrade: Alessandro

Cuvée Alexandre, Atalayas Viveyard 2011
Produtor: Lapostolle
País/Região: Chile/Casablaca Valley
Graduação alcoolica: 14%
Uvas: Chardonnay
Confrade: Walter


Vinhos degustados

Os vinhos apresentaram cor variando do amarelo citrino ao amarelo ouro. Os aromas  incluiam  frutas brancas, floral, amanteigado, amadeirado e ainda aromas minerais, o alcool estava bastante equilibrado.

Nesta degustação, os resultados do nosso painel apresentaram, uma pequena amplitude de notas, sendo na média aparada de 2,5 pontos (de 88,0 a 90,5).

O vinho que ficou em último lugar foi o Kaiken Ultra Alturas 2015, produzido pela bodega Kaiken, na região de Luján de Cuyo em Mendoza, na Argentina, com 14,5% de alcool, escolhido o segundo melhor vinho por dois confrades e pior vinho por outro.

O segundo melhor vinho do painel, foi o Karia 2014, produzido pela vinicola Stag's Leap, na região de Napa Valley, com 14,5% de alcool, escolhido o melhor vinho por dois confrades.

O Campeão da noite, foi o Catena Alta Chardonnay 2007, produzido por Bodegas Catena Zapata na região de Mendoza na Argentina, com 14% de alcool. Este vinho foi escolhido o melhor vinho por dois confrades e o pior por outro.


Vejam os resultados completos abaixo.

Não se esquecam que no dia 16/Agosto degustaremos Barolo de mais de 10 anos. Até lá....

Não percam a próxima degustação.



terça-feira, 26 de junho de 2018

Tintos do Languedoc


Na última 5ª feira, dia 21 de junho, realizamos na casa do confrade Otávio mais uma excelente degustação, desta vez de Vinhos tintos da região do Languedoc-Roussillon. Tivemos a presença de 7 confrades e um convidado e foram degustados 8 vinhos, de safras bastante diversas (2005, 2009, 2010, 2013, 2014 e 2016), O nosso confrade Otávio foi responsável pelo excepcional menu da noite.

Aperitivos: Paes, Brie, Parmesão, morango, uvas e presunto de Parma.

Prato Principal: Cassoulet

Segundo Prato:  Ravioli de Muzzarela

Sobremesa: sorvete crocante, mouse de chocolate e torta de amêndoas

A comida estava excepcional

A degustação contou com oito vinhos com níveis de alcool variando entre 13,5% e 14,5%.


A seguir uma breve descrição dos vinhos degustados:

La Cuvée Mythique 2014
Produtor: Vignerons Mediterranée
País/Região: França/Pays D'Oc
Graduação alcoolica: 13.5%
Uvas: 34% Syrah, 30% Carignan, 24% Grenache & 12% Mourvèdre
Confrade: João Luiz

Nostre Pais 2014
Produtor: Michel Gassier
País/Região: França/Caissargues
Graduação alcoolica: 14.5%
Uvas: 35% Grenache, 25% Carignan, 20% Syrah, 15% Mouvedre & 5% Cinsault
Confrade: Marcio

Prieuré de Saint Jeande Bébian 2005
Produtor: Earl Le Brun-Lecouty
País/Região: França/Pézenas
Graduação alcoolica: 14.5%
Uvas: 45% Syrah, 30% Grenache & 25% Mourvedre
Confrade: Alessandro

Clos des Mures 2016
Produtor: Chateau Paul Mas
País/Região: França/Pézenas
Graduação alcoolica: 14.5%
Uvas: 85% Syrah, 10% Grenache & 5% Mourvèdre
Confrade: Calabro

Minervois 2010
Produtor: Hecht&Bannier
País/Região: França/Minervois
Graduação alcoolica: 14.5%
Uvas: Syrah, Grenache e um toque de Carignan 
Confrade: Paulo

Grand Cuvee Domaine de L'Hortus 2009
Produtor: Vignobles Orliac
País/Região: França/Valflaunés
Graduação alcoolica: 14%
Uvas: 60 % Syrah, 35% Mourvedre & 5% Grenache
Confrade: Otavio

Les Obriers de la Peira 2013
Produtor: Robert Dougan
País/Região: França/Terrasses du Larzac
Graduação alcoolica: 13.5%
Uvas: 65% Cinsault & 35% Carignan 
Confrade: Edouard

Minervois La Liviniére 2013
Produtor: Domaine Aires Hautes
País/Região: França/Minervois
Graduação alcoolica: 14.5%
Uvas: 45% Syrah, 40% Grenache & 15% Carignan
Confrade: Alberto

Vinhos degustados


Os vinhos apresentaram cor rubi, sem no entanto demonstrar evolução. Os aromas  incluiam frutas vermelhas escuras, framboesa, amora, herbáceo, figo seco e madeira, sendo alguns um pouco alcoólicos no naris. Os taninos em geral se mostraram bastante equilibrados, mas um dos vinhos estava ainda um pouco tânico.

Nesta degustação, os resultados do nosso painel apresentaram, uma pequena amplitude de notas, sendo na média aparada de 1,9 pontos (de 88,4 a 90,3).

O vinho que ficou em último lugar foi o Nostre Pais 2014, produzido por Michel Gassier com as uvas Grenache, Carignan, Syrah, Mouvedre & Cinsault, na sub-região de Caissargues, na França, com 14,5% de alcool, escolhido o pior vinho por quatro confrades e o segundo melhor por outro.

O segundo melhor vinho do painel, foi o La Cuvée Mythique 2014, produzido por Vignerons Mediterranée na denominação Pays D'Oc, com as uvas Syrah, Carignan, Grenache & Mourvèdre, com 13,5% de alcool, escolhido o melhor vinho por tres confrades.

O Campeão da noite, foi o Grand Cuvee Domaine de L'Hortus 2009, produzido com as uvas Syrah, Mourvedre & Grenache, por Vignobles Orliac, na sub-região de Valflaunes, com 14% de alcool. Este vinho foi escolhido o melhor vinho por quatro confrades e o segundo melhor por outros dois.


Vejam os resultados completos abaixo.

Não se esquecam que no dia 19/Julho degustaremos Chardonnay das Americas acima de R$ 150. Até lá....

Não percam a próxima degustação.